Documento sem título
 
 
 
(11) 3326-6857
(11) 2849-1708
(11) 95321-0970
 
 
 
 
 
HOME
 
QUEM SOMOS
 
JURÍDICO
 
PARA ASSOCIADOS
 
SEDES
 
CONTATO
 
     
 
Documento sem título
 
ASSOCIADOS
Seja Associado
Benefícios
Parceiros
Contribuições
Convenções e Acordos
Em Ação (Galeria)
Notícias
Informativos
 
 
NotŪcia - 11/01/2023 - Viagem de Fam√≠lia com a Bab√°: Como remunerar?
11/01/2023 - Viagem de Família com a Babá: Como remunerar?

A viagem de família com a babá é permitida. Nestes casos, a hora de trabalho vale 25% mais. Além disso, gastos relacionados à hospedagem, alimentação, transporte e estadia são de responsabilidade total do empregador.

√Č comum em viagens de fam√≠lia ser necess√°rio levar a bab√°, uma vez que as necessidades dos membros continuam sendo as mesmas, inclusive das crian√ßas.

Contudo, uma d√ļvida costuma pairar entre os empregadores que n√£o podem dispensar os servi√ßos de seus dom√©sticos durante uma viagem. Afinal, em caso de viagem de fam√≠lia com a bab√°, como remuner√°-la?

Despesas pagas pelo empregador na viagem de família com a babá

Durante a viagem de família com a babá, o empregador deve pagar de modo integral todas as despesas da funcionária durante o período. Assim, todos os valores relacionados à hospedagem, estadia, transporte e alimentação são de responsabilidade do empregador.

No caso da alimentação, o empregador deve arcar com o seu pagamento durante todo o período da viagem.

Além disso, se a viagem em família for internacional, o empregador deve pagar para a babá os encargos referentes à emissão de vistos e passaporte.

√Č necess√°rio o pagamento de algum adicional pelo per√≠odo da viagem de fam√≠lia com a bab√°?

Nos casos de viagem de família com a babá, é preciso, primeiro, contar com o seu consentimento. No que diz respeito às horas, são devidas todas as que forem efetivamente trabalhadas.

Contudo, também é preciso observar que, nesse caso, há a incidência do adicional de viagem. Afinal, nesse tipo de situação, as horas de trabalho do empregado doméstico não são pagas como horas normais de trabalho.

Assim, deve-se acrescentar um adicional de 25% sobre o valor da hora de trabalho usual em casos de viagem de família com a babá. Dessa maneira, a remuneração do serviço em viagem conta com o valor 25% superior ao valor habitual de seu salário-hora.

√Č v√°lido ressaltar, ainda, que o pagamento de hora extra, adicional noturno e direito a intervalo seguem os mesmos princ√≠pios da rotina comum de trabalho. Portanto, devem ser pagos normalmente.

Como ficam os gastos pessoais e de lazer da bab√° durante a viagem?

O empregador deve arcar com a entrada de locais e eventos em que a empregada estiver prestando serviços, como os ingressos de um parque ou do cinema. Contudo, quando a babá estiver em sua hora de lazer, as despesas desse momento são de sua responsabilidade, pois são considerados gastos pessoais.

Assim, se no seu per√≠odo de descanso a bab√° desejar realizar um passeio tur√≠stico por conta pr√≥pria, por exemplo, o pagamento √© de sua responsabilidade. O mesmo ocorre com compras em alf√Ęndega, esse custo tamb√©m √© de sua inteira responsabilidade e n√£o deve recair sobre o empregador.

Portanto, em viagem de família com a babá, todos os gastos fora de seu horário de serviço são de sua própria responsabilidade.

Fonte: horadolar.com.br
 
     
Documento sem título
 
Sede Social - São Paulo:

Avenida Casper Libero, 383 - 13ª Andar - Sala 13C
Santa Efigênia - São Paulo/SP

Tel.: (11) 3326-6857 / 2849-1708

e-mail: diretoria@sindomestica.com.br
 
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados