Documento sem título
 
 
 
(11) 3326-6857
(11) 2849-1708
(11) 95321-0970
 
 
 
 
 
HOME
 
QUEM SOMOS
 
JURÍDICO
 
PARA ASSOCIADOS
 
SEDES
 
CONTATO
 
     
 
Documento sem título
 
ASSOCIADOS
Seja Associado
Benefícios
Parceiros
Contribuições
Convenções e Acordos
Em Ação (Galeria)
Notícias
Informativos
 
 
Notícia - 09/11/2023 - Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil, é o tema da prova do ENEM 2023
09/11/2023 - Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil, é o tema da prova do ENEM 2023

O tema da redação do primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023, neste domingo (5), sugere a abordagem de um assunto muito importante no cenário brasileiro: o trabalho. O estudante deve mostrar conhecimento sobre a invisibilidade dos esforços das mulheres no cuidado de familiares, de acordo com a professora e Coordenadora de Redação da Rede Chromos de Ensino, Janiny Nominato.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), neste domingo os estudantes devem dissertar sobre o tema “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil”.

“Há a delimitação de uma atividade laboral especificamente voltada à economia do cuidado, a qual se faz relevante, dada a invisibilização do grupo social que mais exerce esse tipo de atribuição: a mulher. Esta atua neste ramo como empregada doméstica, cuidadora de idosos e profissional do cuidado de pessoas com deficiência (PcD). Desse modo, a prestação de cuidados é subvalorizada socialmente por ser vista como custo, não como investimento”, explica a professora.

Segundo ela, os estudantes devem argumentar sobre a cultura, historicamente construída, de que cabe às mulheres a responsabilidade de cuidar de crianças, pais e outros familiares. “A disparidade econômica e a de gênero são relevantes para análise do drama da invisibilidade, já que o papel da mulher é determinado por raízes patriarcais que designam, desde a infância, que a responsabilidade de quaisquer ações de cuidado no ambiente familiar é feminina”, afirma Janiny.

“A partir disso, deve-se considerar que a realização de tais tarefas não é reconhecida devidamente, de modo que esse grupo não é social nem financeiramente valorizado por seu desempenho”, conclui a professora.

Fonte: O Tempo
 
     
Documento sem título
 
Sede Social - São Paulo:

Avenida Casper Libero, 383 - 13ª Andar - Sala 13C
Santa Efigênia - São Paulo/SP

Tel.: (11) 3326-6857 / 2849-1708

e-mail: diretoria@sindomestica.com.br
 
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados