Documento sem título
 
 
 
(11) 3326-6857
(11) 2849-1708
(11) 95321-0970
 
 
 
 
 
HOME
 
QUEM SOMOS
 
JURÍDICO
 
PARA ASSOCIADOS
 
SEDES
 
CONTATO
 
     
 
Documento sem título
 
ASSOCIADOS
Seja Associado
Benefícios
Parceiros
Contribuições
Convenções e Acordos
Em Ação (Galeria)
Notícias
Informativos
 
 
NotŪcia - 05/01/2016 - Novo acordo ortogr√°fico √© obrigat√≥rio passa a vigorar em 2016
05/01/2016 - Novo acordo ortográfico é obrigatório passa a vigorar em 2016

As regras do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa são obrigatórias no Brasil a partir de primeiro de janeiro de 2016. Em uso desde 2009, mudanças como o fim do trema e novas regras para o uso do hífen e de acentos diferenciais agora são oficiais com a entrada em vigor do acordo, adiada por três anos pelo governo brasileiro.

Assinado em 1990 com outros Estados-Membros da Comunidade de Pa√≠ses de L√≠ngua Portuguesa (CPLP) para padronizar as regras ortogr√°ficas, o acordo foi ratificado pelo Brasil em 2008 e implementado sem obrigatoriedade em 2009. A previs√£o inicial era que as regras fossem cobradas oficialmente a partir de 1¬į de janeiro de 2013, mas, ap√≥s pol√™micas e cr√≠ticas da sociedade, o governo adiou a entrada em vigor para 1¬į de janeiro de 2016.

O Brasil é o terceiro dos oito países que assinaram o tratado a tornar obrigatórias as mudanças, que já estão em vigor em Portugal e Cabo Verde. Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste ainda não aplicam oficialmente as novas regras ortográficas.

Com a padroniza√ß√£o da l√≠ngua, a CPLP pretende facilitar o interc√Ęmbio cultural e cient√≠fico entre os pa√≠ses e ampliar a divulga√ß√£o do idioma e da literatura em l√≠ngua portuguesa, j√° que os livros passam a ser publicados sob as novas regras, sem diferen√ßas de vocabul√°rios entre os pa√≠ses. De acordo com o Minist√©rio da Educa√ß√£o, o acordo alterou 0,8% dos voc√°bulos da l√≠ngua portuguesa no Brasil e 1,3% em Portugal.

Alfabeto, trema e acentos

Entre as principais mudan√ßas, est√° a amplia√ß√£o do alfabeto oficial para 26 letras, com o acr√©scimo do k, w e y. As letras j√° s√£o usadas em v√°rias palavras do idioma, como nomes ind√≠genas e abrevia√ß√Ķes de medidas, mas estavam fora do voc√°bulo oficial.

O trema ‚Äď dois pontos sobre a vogal u ‚Äď foi eliminado, e pode ser usado apenas em nomes pr√≥prios. No entanto, a mudan√ßa vale apenas para a escrita, e palavras como lingui√ßa, cinquenta e tranquilo continuam com a mesma pron√ļncia.

Os acentos diferenciais tamb√©m deixaram de existir, de acordo com as novas regras, eliminando a diferen√ßa gr√°fica entre p√°ra (do verbo parar) e para (preposi√ß√£o), por exemplo. H√° exce√ß√Ķes como as palavras p√īr (verbo) e por (preposi√ß√£o) e pode (presente do indicativo do verbo poder) e p√īde (pret√©rito do indicativo do verbo poder), que tiveram os acentos diferenciais mantidos.

O acento circunflexo foi retirado de palavras terminadas em ‚Äú√™em‚ÄĚ, como nas formas verbais leem, creem, veem e em substantivos como enjoo e voo.

J√° o acento agudo foi eliminado nos ditongos abertos ‚Äúei‚ÄĚ e ‚Äúoi‚ÄĚ (antes "√©i" e "√≥i‚ÄĚ), dando nova grafia a palavras como colmeia e jiboia.

O hífen deixou de ser usado em dois casos: quando a segunda parte da palavra começar com s ou r (contra-regra passou a ser contrarregra), com exceção de quando o prefixo terminar em r (super-resistente), e quando a primeira parte da palavra termina com vogal e a segunda parte começa com vogal (auto-estrada passou a ser autoestrada).

A grafia correta das palavras conforme as regras do acordo podem ser consultadas no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp), disponível no site da Academia Brasileira de Letras (ABL) e por meio de aplicativo para smartphones e tablets, que pode ser baixado em dispositivos Android, pelo Google Play, e em dispositivos da Apple, pela App Store.

Fonte: Agência Brasil, por Luana Lourenço
 
     
Documento sem título
 
Sede Social - São Paulo:

Avenida Casper Libero, 383 - 13ª Andar - Sala 13C
Santa Efigênia - São Paulo/SP

Tel.: (11) 3326-6857 / 2849-1708

e-mail: diretoria@sindomestica.com.br
 
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados